Uma experiência de quaresma vivida em quarentena por um grupo de cristãos de Beja

Ao fim de três semanas de isolamento, deixo aqui a partilha de experiências de um grupo católico que todas as noites se reúne para rezar, através de uma plataforma digital.

Habituados a ser comunidade na Paróquia de São João Baptista, de Beja, este grupo de amigos sentiu necessidade de continuar a encontrar-se, embora de uma forma virtual, para as celebrações: terço, via-sacra e celebração dominical.

Que estes testemunhos sejam uma força para aqueles que se sentem mais sós e uma sugestão para manter vivas as vossas comunidades.

O Mundo Parou! O Mundo Mudou! Sem avisar… Todos os dias rezamos! Já o fazia antes mas agora é diferente! Estamos assustados, com o coração apertado mas todos os dias nos juntamos “virtualmente” claro, recorrendo às novas tecnologias. Rezamos juntos! Rezamos a Maria! Ela como MÃE que tem um Amor especial pelo nosso Portugal, assim acredito… Ela que pediu aos Pastorinhos para rezarmos o Santo Rosário! Agradecemos, Rezamos por todos e saímos com a Esperança renovada em cada dia que passa! Nunca a frase “-Um dia de cada vez” fez tanto sentido! Somos um grupo muito heterogéneo de miúdos e graúdos… Mas a Nossa União é tanta que aqueles breves momentos já se tornaram um ritual e são para mim uma bênção! Sim, estamos todos distantes fisicamente mas no nosso pensamento e oração somos apenas um! Nestes tempos de provação os laços com o Pai do Céu estreitam-se e tudo faz mais sentido.”Não temerás o terror da noite, nem da seta que voa de dia, nem da peste que alastra nas trevas…”  “Porque Acreditou em Mim, hei-de salvá-lo;…” Nesta Quaresma é tempo de Oração e Reflexão! Fé Coragem e Esperança

Estes dias, que já vão em semanas, que esta Pandemia me fez vir para casa a mim e à maioria dos portugueses, fez me reflectir muito de como há pessoas egoístas com as quais eu tenho passado anos, porque não poderia fechar a porta nem meia hora ou uma hora mais cedo para poder tratar de algo pessoal e familiar ,levava sempre um não e agora este bichinho, Covid 19, já fez com ordens superiores e mais dolorosas a fizessem fechar a lei da retorna demora mas não tarda ,por isso vamos ficar em casa para que ele não nos chegue. Obrigado a vocês  todos pelo nosso momento de comunidade e partilha de oração.

Neste tempo de isolamento aprofundei a minha maneira de viver a fé. Através do silêncio houve uma maior escuta, uma maior adesão e sobretudo uma maior entrega ao Senhor, deixando que eu aprendesse a contemplá-LO e a perceber que Ele também me contempla.

Estes dias têm sido de muita reflexão e cada um sempre mais preenchido que o outro. Pergunto o porquê do que estamos a viver nesta altura da Páscoa, tudo faz muito sentido pois é tempo de caminho para a salvação! Sinto a proximidade do Senhor e a Fé a crescer! Preciso de Rezar, em “comunidade”. Não nos cansemos de pedir, através da oração, a ajuda do Senhor, especialmente nas dificuldades.

Estamos a viver dias inimagináveis nas nossas vidas, ninguém podia pensar que de repente tudo ia ser assim, estamos privados de tudo mas os afectos são o que mais doi, estando perto estamos tão longe!!! Que o Senhor nos ajude a ultrapassar este flagelo e nos renove em cada dia!!!

Nestes dias difíceis, nos quais mergulhámos, nós e o mundo inteiro, devido a esta horrível pandemia, o medo, a angústia, a incerteza apoderaram-se de nós. Assim há que alimentar a nossa fé. Quer individualmente, quer em grupo, através de videoconferência. Assim, um grupo de amigos, crianças, jovens e adultos da minha paróquia, reunimo-nos diariamente para em conjunto, ir alimentando a nossa fé. Rezando o terço todos os dias e a Via Sacra à sexta-feira. OBRIGADA a todos por estes momentos de união.

Estes dias, apesar de serem muito cansativos, stressantes, cheios de desafios, são vividos com muita fé! Sei que Deus olha por nós e que tudo vai ficar bem… sinto a Sua força todos os dias é isso faz-me ter muita esperança por dias melhores.

São dias de isolamento, de angústia, mas confortada com a oração que o grupo faz.

Neste tempo de busca e encontro, de nós mesmos, dos outros, por andarmos tantas vezes, longe de nos mesmos e dos outros. Foi-nos dada, agora a oportunidade de busca e encontro, daquele que já há muito tempo nos anda buscando. Deus!

Porventura esta pandemia que nos obrigou ao isolamento social está a permitir aproximarmos do nosso melhor amigo, Jesus! Talvez seja a quaresma mais vivida pelos cristãos! Paz e bem!

Newsletter

Subscreva a nossa newsletter e esteja a par de todas as novidades!


Apontadores