Normas do Bispo de Beja acerca do corona virus

D. João Marcos, Bispo de Beja

Cuidados a ter a propósito do coronavírus

Comunico-vos que as peregrinações arciprestais à Sé de Beja no próximo domingo, dia 15 de março (Arciprestado de Beja), e no sábado, dia 21 de março (Arciprestados de Almodôvar e Odemira), foram adiadas para datas a anunciar futuramente.

Lembro que a exposição continua aberta e também o programa de conferências se realizará, em princípio, nas datas marcadas.

Ressaltando sempre que é às estruturas de saúde a quem compete fornecê-las, apresento algumas orientações, dirigidas aos agentes pastorais. Trata-se de regras provisórias, sujeitas a serem modificadas pelas circunstâncias, pois são apenas fruto do bom senso. Entretanto, peço que sejam levadas muito a sério.

1. Tranquilizem-se os fiéis, de forma a evitar situações de pânico, mostrando-lhes que, não obstante o perigo efetivo que este vírus representa, não é comparável às terríveis pestes e pneumónicas que conhecemos da história.

2. Cumpra-se o que foi referido pela Conferência Episcopal. Para além de medidas reforçadas de higiene, use-se a comunhão na mão e evite-se o gesto da paz, o uso da água nas pias de água benta, e beijos ou outros gestos de contacto físico com imagens.

3. Tomadas estas precauções, as celebrações litúrgicas, mormente a Missa, sacramentos e funerais, para já, decorrerão na forma habitual.

4. Relativamente à catequese, preste-se atenção às Escolas locais: somente se estas fecharem é que se justificará o encerramento da catequese.

5. Quanto às estruturas eclesiais de apoio à infância (berçários, creches, etc.), mantenha-se contacto permanente com os Delegados de Saúde locais e comprometam-se estes nas decisões a tomar.

6. Nas costumadas confissões quaresmais tomem-se as devidas precauções, jamais negando a confissão a quem a pedir.

7. Se as circunstâncias não se alterarem, na adoração da cruz, na Sexta feira Santa, evitar-se-ão os beijos e far-se-á reverência à cruz com uma profunda inclinação ou mesmo com a genuflexão.

Peçamos a Deus, nosso Pai, que afaste de nós as doenças e nos conceda o dom da saúde e da tranquilidade.

Beja, 11 de março de 2020

+ João Marcos, bispo de Beja

Newsletter

Subscreva a nossa newsletter e esteja a par de todas as novidades!


Apontadores